APOSTAS DA MODA MASCULINA PARA 2022 E O NOVO NORTE DAS MARCAS

“O LUXO MODERNO É ABERTO E COLABORATIVO”

Quem afirma é Marie-Claire Daveu, diretora de sustentabilidade da Kering, empresa-mãe das casas de luxo Gucci, grife dirigida por Demna Gvasalia pertence ao conglomerado de luxo Kering, que também detém as etiquetas de moda Balenciaga, Alexander McQueen, Bottega Veneta, Saint Laurent e Brioni, todas sediadas na Europa. Marie-Claire, uma voz potente em toda a indústria da moda, recentemente compartilhou, na COP26 – Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas, sua visão de quais os rumos que a moda precisa tomar em resposta à crise que todos enfrentamos.

“O modelo clássico de fazer, pegar e desperdiçar é inaceitável. Em vez disso, a sustentabilidade deve ser construída no próprio DNA da estratégia de uma empresa. Não é uma restrição para a criatividade – se você a apresentar como tal, matasse o potencial. É uma oportunidade, um convite para ser melhor, agora solicitado por clientes e investidores.”

A moda é uma das indústrias mais poluentes do mundo. Essa pode ser uma verdade incômoda para se confrontar, mas é um fato que deve ser abordado com urgência. Estima-se que 10% das emissões globais de carbono vêm da indústria da moda em geral, enquanto cerca de 48% da cadeia de abastecimento da moda está ligada ao desmatamento. Enormes quantidades de água são consumidas pela indústria anualmente, e os cursos de água do mundo estão poluídos em todos os estágios da cadeia de valor. A verdadeira mudança pode acontecer ao focar em uma abordagem radical para a conservação da biodiversidade e os benefícios múltiplos da agricultura regenerativa, mudanças imediatas e positivas para a natureza e o clima são possíveis – especialmente nas principais cadeias de suprimento de matéria-prima da moda para algodão, lã, caxemira e couro. Isso não só mudará as regras do jogo na moda, mas a agricultura regenerativa é uma virada de jogo fundamental para o futuro.

“Com todos os recursos e privilégios das grandes empresas e conglomerados, temos a responsabilidade de compartilhar as melhores práticas. Devemos apoiar e orientar pequenas empresas. Nossa contabilidade de Lucros e Perdas Ambientais (EP&L) foi projetada com isso em mente, qualquer empresa pode acessar a metodologia para obter novos insights sobre seus negócios.”

Sem dúvida, a sustentabilidade não é mais uma tendência, mas um movimento já estabelecido e que cresce a cada dia. Este deverá ser o novo Norte de toda a cadeia produtiva da moda. O esforço das marcas em comunicar isso ao consumidor é uma questão de comunicação institucional. Muitas marcas aqui e na Europa já estão engajadas nesse conceito. Até 2023, todas as roupas vendidas na União Europeia deverão carregar uma etiqueta sustentável, a fim de ajudar os consumidores a classificar as informações a respeito da origem dos materiais com os quais foram fabricadas. A medida segue uma agenda de mudanças em prol do meio ambiente adotadas pelo bloco econômico. Marcas como H&M, C&A, Inditex, Nike e Lacoste e outras de origem europeia poderão opinar quanto a quais informações serão dispostas.

Veja a seguir as apostas para 2022 das marcas que já seguem este conceito:

A Gucci é uma das marcas de luxo  pioneiras que investiram na redução de carbono “carbon free”, comprometendo-se com projetos de conservação florestal. Em 2020, a coleção cápsula Gucci Off the Grid que faz parte da iniciativa chamada Gucci Circular Lines, projetada pelo diretor criativo Alessandro Michele, que visa o uso de materiais têxteis regenerados, focou em roupas genderless (sem identidade de gênero) e acessórios esportivos feitos de materiais reciclados, orgânicos ou de base biológica!

A Burberry apostou na inovação do quesito upcycling (reutilização criativa) e investiu em roupas e acessórios feitos de náilon reciclado a partir de redes de pesca, retalhos de tecido e bioacetato (itens reinventados do verão de 2020). Todas as peças possuem pelo menos um selo de qualidade sustentável e são produzidas em fábricas que investem em programas de redução de consumo de água e energia. A moda sustável tem sido um ponto importante para a grife, tanto que até disponibilizam o relatório anual de produção para o público e seus consumidores.

Re Burberry sustentável

A Uniqlo, marca que nasceu no Japão, trabalha o conceito de moda essencial e universal. Eles apostam em cores e materiais mais perenes com peças que durem mais de uma estação com cartela de cores para o segmento casual masculino Outono Inverno 2022.

Vitrine da marca Uniqlo em Milão com jaquetas e coletes em tecido fleece, conforto e atemporalidade para o Outono/Inverno 22.

As roupas desta temporada recém digitalizadas do mundo da moda passaram por várias adaptações pós pandemia, mas o conforto e a praticidade com estilo, continuam e se tornaram o foco principal das coleções.

Ermenegildo Zegna / Givenchy

Ternos, mas não como você os conhece – A maioria dos designers renunciou à alfaiataria clássica nesta temporada e muitos decidiram mostrar uma forma mais adequada para a vida confinada. Costumes de duas peças em tecidos confortáveis e que não amassem, assim como a malha, ganham ares modernos e práticos.

Brione / Burberry / Commission

A ascensão do chique day-spa – o diretor criativo da marca Ermenegildo Zegna, Alessandro Sartori dedicou toda a sua coleção à elegância do roupão, exibindo casacos e blazers com corte sem forro, em malhas macias; na Fendi, Silvia Venturini Fendi apresentou casacos recortados em tecido acolchoado; e na Louis Vuitton, Abloh mostrou o que parecia ser roupões de verdade usados ​​na passarela por modelos segurando xícaras de café e jornais da marca LV.

O roupão estiloso de Louis Vuitton.

O retorno do sobretudo – o trench coat volta ao velho estilo básico das gabardines originais usados ​​por oficiais militares. O melhor das trincheiras desta temporada pode ser encontrado na Louis Vuitton, Dries Van Noten e Fendi. Porém, em caso de dúvida, vá com a clássica Burberry.

Trench coat Burberry em três versões e a releitura de Fendi.

Saias Kilt com calça – forte tendência do Inverno 2022. Assim como a Burberry, a Louis Vuitton, Virgil Abloh também ousou, desfilando uma série de modelos vestindo saias com kilt de linha A sobre calças.

O superastro da Fórmula 1, Lewis Hamilton usou um kilt xadrez azul cobalto Burberry no grid enquanto se preparava para o Grande Prêmio da Turquia. Ele usou com calças da mesma grife. No circuito de esporte extremamente machista como a Fórmula 1, é nada menos que muito estiloso e corajoso.

Pólos de malha para viagem Apresentando todos os elementos necessários de uma camisa clássica (golas, carcelas, botões) mas sem o desconforto do amassado, feito tanto em cashmeres mais pesados e tons brilhantes na Jil Sander e Prada quanto em construções mais leves e suaves na Fendi e Hermès.

Há muitas razões para se vestir bem, com conforto e estilo, mesmo em casa que também virou ambiente de trabalho!

Veja esta matéria na revista Onne & Only!

Angélyca La Porta – Consultora de Imagem e Estilo

O LOOK DO HOMEM MODERNO PARA 2020

O LOOK DO HOMEM MODERNO PARA 2020

A estação mais esperada do ano, pede passagem..
Esse período é conhecido por movimentar o turismo, academias, comércio e, é claro, a moda. Essa é uma boa hora para fazer compras inteligentes para a estação mais quente do ano e aproveitar os preços promocionais, arrematando também peças que continuarão tendência no inverno 2020!

Confira algumas tendências para continuar apostando em 2020:

Costume, Xadrez e listras

Versace

O costume continua sendo a peça forte do guarda-roupa masculino. Particularmente, o xadrez, que ganha novas nuances de cores.

As listras aparecem mais estreitas e em versões mais largas também. A modelagem slim e oversized, ora combinadas com calças retas, ora com as de pregas mais folgadas no quadril, mas ambas tem a barra mais ajustada e mais curta.

Dica: No look casual mais antenado, combine a calça mais folgada com t-shirt lisa ou camisa branca slim com um sneaker branco. Se for usar com o blazer, este também deve ser mais slim para equilibrar a silhueta. Para um look mais social, troque o sneaker branco pelo sapato oxford marrom ou preto dependendo da ocasião e cor do traje

O costume texturizado com listras acetinadas usado com t-shirt estampada e tênis, marcam muito bem a personalidade do ator Robert Downey Jr, ganhador do prêmio “Ator de Filme do Ano” – “Vingadores Ultimate”.

Acetinados

Com certeza, veio para ficar! Grande sucesso do inverno 2019, o tecido se manter em alta na estação mais quente do ano. Com peças versáteis, ele promete ganhar ainda mais força com tons variados e modelagens para diferentes públicos. As camisas de cetim ganham olhares em um look sofisticado para ocasiões mais sociais.

Dior
Dior
Giorgio Armani

Cores de paletas saturadas e os tom pastel

Os designers vem explorando em várias coleções looks monocromáticos em monoblocos de cores saturadas nos tons de vermelho, laranja, azul, rosa, assim como “all black“. Em contrapartida, suavizam no tom pastel e aguados como o verde muito claro quase gelo ou azul. Entre todas as cores frias, que costumam ganhar os holofotes no verão, o azul vai ser a cor da vez, concordam os especialistas. A tendência já foi verificada no verão do hemisfério norte. O azul-escuro, marinho, turquesa, azul-bebê e celeste não estão sozinhos na mais ensolarada das estações. As variações de bege são boas opções para quem quer variar ou mesmo combinar essas cores. As tonalidades de cinza na alfaiataria são imbatíveis e estão presentes em todas as estações.

Dior, Dior e MSGM
Giorgio Armani
Giorgio Armani, prévia de Outono/Inverno 2020. Veludo em alta, Marinho e Vermelho Carmim.

Dica: Por ser uma cor clássica, vale investir em ternos ou costumes cinza claro ou cinza médio. Combine peças de cores mais vibrantes na parte de cima ou explore a paleta de marrons, beges e azuis.

Pochette

Hermès, Hermès, Valentino e MGSM.

Privilegiando as roupas confortáveis para se manter livre nos seus movimentos, a pochette continua assumindo o posto de acessório utilitário com as micro-bolsas, carteiras usadas penduradas na diagonal sobre o corpo ou com uma corrente pendurada ao pescoço. Elas combinam com camisa ou o casaco em modelos super estilosos como os da Valentino ou da MSGM. Já as maxi-bolsas com a versão gigante da Birkin da Hermès – modelo mais famoso da label – abre espaço entre os acessórios. Cinza e com detalhes de couro caramelo, a peça se assemelhava mais a uma bolsa de bordo. As totes e malas arrendondadas de diversas cores usadas com os ternos e shorts, na maioria das vezes feitas de couro e com detalhes de tons diferentes do resto da peça.

Espero que você tenha curtindo as dicas! Qual dos looks você mais gostou? Qualquer dúvida me chama, ok!

Angélyca La Porta – Consultoria de Imagem e Estilo.

Leia essa matéria também na minha coluna Onne Mann da revista Onne & Only!

Homens de Estilo e os looks no RedCarpet

A Moda e o Red Carpet caminham juntos na passarela! Principalmente quando se trata de mostrar inovação nos trajes masculinos! O Oscar 2019 mostrou isso! Sras e Srs, o Black Tie foi oficialmente atualizado!

Quando o assunto é estilo,  o segredo para sustentar um combo desses é a personalidade e o acerto na leitura do consultor de imagem e estilo que, geralmente é quem seleciona os looks para os famosos.

Seguem os que mais se destacaram:


Bradley Cooper, apesar de não levar nenhuma estatueta, foi eleito o homem mais elegante da noite! 👏👏👌😍


O traje em veludo ganhou cores inusitadas em várias premiações! Assim como os looks em brocado e brilhos. O ator Chris Evans, o “Capitão América”, além de ser um gentleman no Oscar, ele combinou a cor do blazer com a cor dos olhos! Ele estava vestindo Salvatore Ferragamo. Já o ator Jason Momoa de “Game of Thrones”, foi emblemático, usando rosa de Fendi (inclusive no punho para prender os cabelos..!)

Um dos trajes mais vistos, além do Black Tie tradicional, foi o Total Black com ou sem gravata. A gola padre com paletó texturizado que o ator oscarizado Mahershala Ali vestiu era Ermenegildo Zegna. Super estiloso e elegante! Assim como Rami Malek, ganhador em várias prêmiações, inclusive o Oscar de melhor ator em “Bohemian Rhapsody”. Muuuuuito merecidoooooo!!!🙌🏆👏👏👏👌

Nicholas Hoult na Dior, Joe Alwyn em Tom Ford

 

O perfil do Homem Moderno e as Tendências de Moda Masculina para 2019

Qual a identidade desse novo homem que está surgindo?

O homem atual é afinado com as tendências de moda, sabe que a vaidade não é só coisa de mulher, por isso ele cuida da pele, dos cabelos, da barba, das unhas e não tem medo do que os mais conservadores vão falar.

Sofisticado e exigente, está sempre bem vestido, elegante tanto no estilo clássico como esportivo. Conhecedor dos últimos lançamentos de tecnologia no mercado mundial exige um tratamento diferenciado e personalizado. Há uma imensa indústria que se movimenta para satisfazer seus desejos de consumo. Com o mercado aquecido, é natural que a moda masculina saia do básico. Peças com caimento perfeito, tecidos e acabamentos tecnológicos e muito apelo esportivo, estão na lista de tendências do público masculino. Ligada ao fortalecimento do streetwear, a moda masculina do futuro será cada vez mais exclusiva e com foco no conforto.

Apostas de Estilo do Homem Moderno para 2019

1 –  Invista em peças atemporais: Looks clássicos (terno preto, cinza e azul marinhoo novo preto), peças coringa como camisa e camiseta branca, calças jeans slim e jaqueta de couro preta são os básicos do closet masculino. Sapatos clássicos de amarrar preto e marrom caem bem com os ternos. Já o mocassim, botas e tênis branco (outra tendência recorrente), facilitam a combinação com looks mais casuais e ousados.

2 – Introduza algumas peças-chave da estação: Listras e xadrez continuarão tendência para o outono inverno 2019-20, assim como as cores vivas. O vermelho promete ser o protagonista da próxima estação! Monocromático ou em combinações neutras, esse look pede ousadia! Para os mais discretos, aposte nas camisas e ternos que já são um clássico (azul, cinza, bege (ou creme) e o branco para o verão).

À esquerda David Beckham e à direita Rami Malek (na estréia do filme   Bohemian Rhapsod, onde interpreta o músico Freddie Mercury, vocalista do Queen).

Estampas florais, camuflados, étnicos e grafismos podem ser combinados com calças de cores sóbrias e jeans para um look bem casual do verão. Uma cor ou estampa mais vibrante e chamativa tende a combinar muito mais com peças neutras, porque elas equilibram o conjunto como um todo. Essa é uma das melhores formas de compor estilos.

Gerard Butler – camisa de linho

3 – Caimento e modelagem das roupas: Opte por tecidos de bom caimento como o algodão. O linho está super em alta e é a cara do verão (cambraia de linho para camisa). Apesar da onda oversized das coleções, aposte nas modelagens slim, mais próximas ao corpo e as de caimento reto. As calças estão mais curtas, podem ser usadas com ou sem meias (para looks casuais).

Bradley Cooper

 

 

 

4 –  Valorize os detalhes: Nunca subestime o poder dos detalhes, eles serão o ponto-chave do visual como o comprimento da calça. Atenção para as meias! Com ou sem elas, para não errar, devem combinar com a cor das calças, a não ser que seja o detalhe proposital do look. As coloridas estão em alta!

Use um relógio bacana, ele é a joia masculina, assim como as pulseiras (pedras/metal/ ouro).

5 –  “Grooming” capriche nos cuidados pessoais masculinos: De nada adianta vestir um terno Armani se o cabelo está sem corte, desgrenhado ou a barba por fazer ou aparar, assim como a pele oleosa (existem vários produtos e tratamentos específicos para a pele masculina). Esteja em dia com o barbeiro, peça cortes de cabelo e barba alinhados com o seu estilo e na textura dos seus fios. Os cortes com nuca batida e topete continuam. O estilo lumberjack (lenhador, em inglês) faz sucesso entre as mulheres, principalmente por causa da barba que está muito ligada a virilidade.

Já para os mais clássicos, as laterais podem ser em degrade com o topo mais baixo. Nesse caso, a barba fica mais charmosa se for mais rente e desenhada. Cabelos até o pescoço, penteados ou fixados para trás, como o do ator Bradley Cooper no filme Nasce uma Estrela, promete ser uma nova tendência. Uma barba bem cuidada, aparada e um bom corte de cabelo, impõe respeito e traduz o estilo do homem moderno.

Não esqueça:  a escolha de um look, qualquer que seja o estilo, tem a ver com sua  Personalidade, Postura Atitude!  “Investir na sua Imagem é refletir aquilo que você quer projetar e reforçar na sua marca pessoal.” – Angélyca La Porta, Consultora de Imagem e Estilo. 

Acompanhe, também, essa matéria, na minha coluna de moda masculina na revista Onne & Only!

 

Homens de Estilo usando Branco – como combinar!?

Blazer branco!? Todo de branco!?🤔
Simmm… 👌🏻😉

Roberto Cavalli Spring Summer 2019 – Pitti Uomo

Além de super elegante, é a cor do verão. Compõe vários looks como um acessório coringa do guarda-roupa masculino, além de ser usado em composições monocromáticas!

Combina com: calça preta ou marinho (aliás, são duas composições clássicas e atemporais). A camisa pode variar entre cores claras como o branco ou azul mais intenso como o Royal na foto para looks mais ousados. (super chic essas combinações!) O “total black” fica muito elegante com um blazer branco!

Acessórios: sapato preto ou marrom em vários tons. O lenço no bolso é aquele charme displicente…

O  Look “total white” combina muito bem com acessórios na cor caramelo.

Calça Branca!

Combina com:  camisas de cores claras (tom pastel) ou escuras, principalmente preta ou marinho, compondo, também, com blazer no mesmo tom da camisa. Combinação perfeita! As estampadas, listradas ou xadrez com fundo branco deixam uma combinação discreta, elegante e supercool! As calças de sarja no estilo jeans, use com tênis branco.

A modelagem que melhor veste é a slim, mais justa ao corpo ou a reta com bolsos laterais que não marcam a silhueta. OBS: as calças estão mais curtas! Para um look casual, use com sapatos mocassim sem meias. (use com meias cano baixo, aquelas usadas com tênis, só não pode aparecer!)


Os acessórios como cinto, de preferência, em tons de marrom ou bege.

A camisa também é slim. Pode ser usada para dentro da calça com cinto ou por fora com um dos lados para dentro para um look mais cool. Nesse caso não precisa, necessariamente, usar cinto!👌🏻😉

Então, o que achou!? Pronto para enfrentar dias e noites quentes cheio de charme?!

Não esqueça:  a escolha de um look, qualquer que seja o estilo, tem a ver com sua  Personalidade, Postura Atitude!  “Investir na sua Imagem é refletir aquilo que você quer projetar e reforçar na sua marca pessoal.” – Angélyca La Porta, Consultora de Imagem e Estilo. 

Homens de Estilo – Principais Tendências para o Verão 2018-19

Nada mais democrático e criativo do que a moda que traduz o lifestyle, o comportamento nas ruas, nos desfiles e movimenta uma grande fatia do mercado fashion mundial! Mas com tanta informação de moda, como saber o que está em alta e o que devemos deixar de lado no guarda-roupa!?

A temporada de Moda Primavera/Verão 2018-19 europeia foi considerada como uma das mais produtivas da última década. Ficou evidente que a diversidade será a nova onda de consumo, consolidando algumas tendências que começaram a despontar com o fenômeno do street e do sportswear em comunhão com a alfaiataria e a alta-costura. 

Então, anota aí as dicas. 

Androgenia

Um dos moods das temporadas anteriores, a Androgenia invade de vez o closet de ambos os sexos. Marcas como Dolce & Gabbana mostraram essa versatilidade na passarela e que já pegou nas ruas! Dica: Se você é ciumento com suas roupas, tranque às sete chaves, caso contrário, compartilhe com o seu amor!

Cores e monocromáticos invadem o cotidiano 

As cores vão desde o vermelho, magenta, alaranjado, os azuis, esverdeados, amarelo ao tom pastel. Dica 1: Seja ousado e experimente um look em combinações monocromáticas ou encare em uma das peças para quebrar a monotonia. Essa é a pegada da estação mais quente do ano! 

Cores e monocromáticos Louis Vuitton e Kenzo

Dica 2: Se você não é adepto de cores vibrantes, o tom pastel é a pedida!

Listras, o novo hit da estação

Apesar de o xadrez continuar forte, agora em versões quadriculadas, o hit da vez são as listras verticais e também horizontais. Dica: As listras verticais podem e devem ser usadas por pessoas mais baixaspois alongam a silhueta. Também são indicadas para pessoas acima do peso, desde que as listras não sejam largas demais.

Shape

Ralph Lauren com quatro botões.

As marcas tem investido forte na alfaiataria com ternos/costumes em tecidos e detalhes cada vez mais sofisticados. O jacquard, tafetá e cetim, além de clássicos como o linho, foram vistos em quase todos os desfiles, assim como o abotoamento clássico transpassado com 4 botões e o simples com 1 e 2 botões. 

Dolce & Gabbana – calça oversized

A modelagem continua slim em alguns modelos como o das marcas Ralph Lauren, Dolce & Gabbana e Raf Simons e em outros, super amplos no estilo oversized.

Dica 1: Para não errar, use um blazer de corte slim com ombros ajustados, independente do abotoamento.

Raf Simons – casaco oversized

Dica 2: Confira o caimento na região da barriga para que não fique muito apertado ou folgado demais, pois chamará atenção, justamente, para essa região.

Dolce & Gabbana

Dica 3: A etiqueta pede que não se desabotoe blazer com transpasse ao sentar. Feche os de cima e um de baixo. Já os de um a três botões, o do meio sempre abotoado e ao sentar desabotoe.

 

O maxi casaco

Alexander McQueen

A tendência oversized derivada do streetwear, que começou nas últimas temporadas, segue forte para o verão 2018-19 nos maxi casacos com modelagens que cobrem as coxas, deixando o homem com a armadura ideal para enfrentar um mundo cada vez mais competitivo bem ao estilo Matrix.

Louis Vuitton

As modelagens muitas vezes são amplas, mas pode ser ajustada ao tamanho com um cinto. O fenômeno XXL, também se encontra nas calças amplas e confortáveis e, especialmente nas maxi-camisas, que assumem a aparência de túnicas.

Dica 1:  para não ficar com um visual desleixado, use com cautela, pois você pode aparentar mais idade e até ganho de peso! Por isso a modelagem mais acertada é aquela que veste bem e deixa tudo no lugar!

Estilo esportivo

Alexander McQueen

Muito além de uma peça básica, ou simplificada, estilistas de todo o mundo mostram que o sportswear de hoje cultiva uma relação muito próxima dos valores que pautam o comportamento de consumo da nossa sociedade. A grande diferença está na qualidade dos materiais, corte, modelagem e design sofisticado que unidos, agregam valor a roupa. 

 

 

 

Ralph Lauren

O fenômeno do street e do sportswear surgiram em várias versões, dos looks super esportivos com tecidos comfy como o moletom, até os mais sofisticados e estilosos com a construção da alfaiataria em tecidos nobres a exemplo da marca Ralph Lauren.

Pochete a volta do baise-en-ville

Fendi

O acessório deixou o status de cafona para entrar para o time dos utilitários fashion! Mas cuidado, agora se usa atravessado no corpo e não mais na cintura! Já a baise-en-ville, esta pequena bolsa para homem, situada entre a pochette e a bolsa, concebida para transportar os essenciais de viagem, faz seu grande regresso.

Louis Vuitton

Muito popular na década de 1970 e depois caída no esquecimento por ter ficado um pouco desatualizada, está bem lançada para se tornar novamente na it bag masculina. É usada a tiracolo, bem presa sob o braço, ou pendurada numa corrente em torno do pescoço. Outra tendência é a micro-pochette, ao estilo coldre ou porta-passaporte, usada no peito presa a uma fita, novamente ao redor do pescoço.

E aí, que tal as dicas?

Vale lembrar:  quando você escolher um look, qualquer que seja o estilo, tenha sempre em mente que a construção da sua imagem estará diretamente ligada a sua  Personalidade, Postura eAtitude!

Acompanhe, também, essa matéria, na minha coluna de moda masculina da revista Onne & Only!

Beijos,

Por Angélyca La Porta – Consultora de Imagem e Estilo